Presidente nacional do CIBEMP, a missionária Lígia Cristina Marins Cardoso, se mostrou feliz pelas cooperações das regionais que se notaram na noite de sexta-feira, 18 e manhã de sábado, 19, sobretudo pelos esforços que pontualmente se dão, demonstrando que o maior evento em âmbito de ministério feminino da AD Perus encurta distâncias e verdadeiramente une povos aos pés de Cristo.

 

 

Na Praça de Alimentação, por exemplo, a líder se confraternizou com o pastor Ronaldo Monteiro, presidente da AD Perus na Bélgica. Ao lado da esposa Débora, viajou cerca de 9639 quilômetros ou 5989 milhas por 12 horas até chegar a Catedral e participar de mais um congresso feminino. “Só mesmo o amor à obra e a comunhão permite que distâncias sejam encurtadas”, reconhece a líder nacional.

Outro que se declarou atônito em meio ao evento foi o irmão Miguel Costa da Silva, membro na sede em Porto Alegre, presidida pelo pastor Carlos César Ramos. Percorreu 1143 quilômetros de ônibus pelas rodovias BR 101 e 116, ao longo de 13h40 minutos. Mais 30 irmãos viajaram desde o Sul até a capital paulistana.

“É o primeiro CIBEMP que participo. Gostei da abertura, dos cultos, da recepção, do trato, enfim, tudo uma maravilha impressionante que marca-nos positiva e espiritualmente”, resumiu, segurando a bomba de chimarrão e a inseparável garrafa térmica n’outro braço.

De fato, o CIBEMP une povos e encurta distâncias.

Deixe seu comentário:
Célio Campos
Célio Campos
Jornalista, historiador, editor de Conteúdo do jornal O Arado e mestrando em Comunicação.
EBFO 2020