Revestimento e desafios pessoais assinalaram mensagens matinais pregadas no sábado

As mensagens pregadas no período matinal do sábado, 17, o segundo dia do Congresso de Adolescentes do Ministério de Perus (CAMP), focaram desafios pessoais a serem superados pelos adolescentes e propuseram elevado grau de revestimento a partir de temas que patrocinaram várias análises em meio aos milhares de congressistas que fizeram do período mais uma grande festa do segmento infanto-juvenil. Neste ano, o tema central do CAMP é “Sal & Luz – Geração que influencia”.

Antes das ministrações terem sido priorizadas, louvores em gratidão ao Pai foram entoadas por conta dos vocais que sob acompanhamento da orquestra do próprio CAMP, fizeram com que as estruturas tremessem perante vozes inspiradas e destinadas em louvar única e tão somente o nome santo do Cordeiro. Paralelamente, os adoradores David Lima e Emerson Pedrosa se alternaram em meio às apresentações feitas junto aos plenários “Paulo” e “Timóteo”. O Eterno correspondeu de uma forma excepcional e a graça foi experimentada.

Nos púlpitos, diretores do CAMP se alternaram, comandando os cultos e interagindo com a massa humana. Caravanas de cidades do interior e de outros estados se integraram ao coletivo, fazendo uma festa ensurdecedora e pautada na comunhão. Gravitando no entorno do pastor presidente do órgão, André Bueno, tiveram total liberdade para atuar.

 

MENSAGENS PODEROSAS

Eventos de grande porte normalmente recebem da parte da direção dos cultos especiais cuidados com o tempo a ser reservado para a ministração da palavra. Não foi diferente o que se viu nos cultos do CAMP na manhã de sábado.

No plenário “Paulo” (templo), o pastor Mac Anderson (GO), responsável pelo ministério “Paz na Família”, foi o canal de benção a interagir com o povo que recebeu a palavra com alegria, comunhão e temor.

Falando sobre a relação “vaso & oleiro”, evidenciou que “precisamos ser vasos nas mãos divinas, e que Ele faz vasos conforme a sua vontade que é boa, perfeita e agradável. A verdade é que dói muito obedecer. Diria que 80% de nossos projetos propostos deparam-se com Deus que vem na contramão”, informou.

Administrador de Empresas e formado em Marketing, lembrou que nessas áreas hoje, assim como no “Coach”, a palavra mais utilizada e recomendada é você. “E sabermos que na palavra o termo mais importante revelado é Ele faz toda a diferença. Entendam que você não tem o chamado mas o chamado que tem você”, disparou, sob intensa comunhão.

 

PASTOR THIAGO DE ASSIS

De há tempos que o pastor Thiago de Assis (Campinas/SP), vem pregando em congressos patrocinados pelo CAMP. Em 2017 não foi diferente, exceção ao tema. Em compensação, a inspiração foi a mesma e os resultados foram imprescindíveis para que a glória eterna se manifestasse.

Após ser tomado por autoridade vinda do alto, foi esclarecedor e instrumento de bençãos às milhares de pessoas que ouviram-no atentamente. Fiel, o Senhor fez com que uma mensagem de fácil entendimento se tornasse em um conceito especial, imprescindível para guiar os adolescentes por caminhos promissores.

Falando sobre despertamento, fez do texto que enfoca o encontro entre Isaque e Rebeca, ponto de partida para ressaltar que “conflitos em nossa vida não é nenhuma novidade. Lidar com eles é uma necessidade constante. Isto porque ainda sofremos a influência do pecado em nossos pensamentos e atitudes. Temos que administrá-los no trabalho (principalmente quando trabalhamos em equipe), nos momentos de lazer (é só pensar em uma partida de futebol), no namoro e, também, no casamento”, frisou.

“Orar cinco minutos, participar de cultos uma vez por semana, fazer o que todos fazem é simples, fácil. A diferença é justamente fazer diferente e fazendo diferente faremos diferença. Observem que Rebeca fez diferente, optando não apenas por oferecer água a Isaque mas dando de beber aos camelos. Ofereceu 1400 litros de água aos animais. Isso representa dizer que ao fazer o que tem de ser feito, você será criticado, visto de uma forma não convencional. Esqueça. O seu foco sempre terá de ser outro”, indicou.

Encorajando a massa e ordenando que temos de ir além, o preletor completou a sua poderosa e esclarecedora mensagem dizendo que mesmo andando na presença de Deus, por sermos pecadores, sempre teremos de lidar com conflitos.

“Procure conduzir sua vida sob a instrução divina e não segundo a inclinação do coração, que é enganoso. Isso ajudará a resolver e amenizar os efeitos dos conflitos em sua existência”, pregou, ordenando que os adolescentes, como verdadeiros cristãos, “devem viver em paz com todos que estão ao seu redor; ore por eles e com eles. Esforce-se para melhor interagir com as pessoas; seja benção de Deus perante o seu próximo”, concluiu.

Deixe seu comentário:
CONTRIBUIR