Uma luz no altar…

A função de pregador do evangelho é uma das ocupações mais dignas e gratificantes que o ser humano desempenha. Pregar a Palavra é levar luz onde há trevas, esperança aos corações entristecidos e vida onde a morte predomina. Hoje, mais do que nunca,a humanidade se encontra perdida em meio a tanta violência, corrupção e imoralidade.

Pregar insistentemente a Santa palavra de Deus deve ser nossa prioridade. Requer-se todavia, que os pregadores sejam realmente homens de Deus. Que suas vidas sejam condizentes com o que pregam.

É inadmissível o uso do púlpito como plataforma política; bem como alguém fazer dele esconderijo para sua práticas expúrias de imoralidade e corrupção. O altar do Senhor será sempre um lugar santo. A cobrança e a disciplina virão, mais cedo ou mais tarde. Deus não se deixa escarnecer.

Porventura o Senhor não contempla o comportamento de seus pregadores e cantores nos hotéis onde se hospedam? Em suas viagens de avião? Nos restaurantes? Nos preços cobrados para se apresentarem? Nos compromissos assumidos?  Em suas fidelidades conjugais e ministeriais?

Afinal!!! Que tipo de luz estamos permitindo que brilhe em nossos altares?

Leia: I Cor.4:2  –  Mt.5:16.

Pr. Valdemir Campos

Deixe seu comentário:
EBFO 2019