ITs.5:18 “ Em tudo daí graças…”

“Sempre encontraremos uma forma melhor de servir a Deus. Servimos amando-o melhor. Servimos, adorando-o com inteligência. Servimos reverenciando-o com mais piedade. Servimos esperando-o com mais esperança. E também, podemos dar-lhe graças com mais maturidade”

Descubra isso meditando um pouco em algumas palavras. Deus fale com você!

Introdução: O cristão é a pessoa que biblicamente falando deve ser a pessoa mais grata a Deus do mundo. O que acontece hoje com muita gente que diz crer em Deus e vive UMA VERDADEIRA INGRATIDÃO?

A ingratidão, infelizmente não é só um mal não administrado entre os cristãos, mas, também em tudo o mundo de uma forma geral.

Pergunte a algumas pessoas se estão SATISFEITAS pela:

– Sua estética? Daí aparecem as plásticas, a aplicação de botox e outros etc.

– Sua vida financeira? Surge o ditado “meu nome é trabalho e meu sobre nome é hora extra”.

– Pessoa que é hoje. Pasmem, mas tem pessoas querendo ser como as outras, assim acabam perdendo a beleza da identidade.

– Pelo que possui até hoje? Está no ser humano o “querer sempre mais”.

A ingratidão tomou conta do mundo, e infelizmente da igreja do Senhor Jesus.

São pessoas que Deus tem estendido sua bondade, e mesmo assim tem acham pouco.

Seria muito bom se atentarmos para algumas coisas que nos ajudam a afastar o espírito de ingratidão.

1 – NÃO ALIMENTE UM ESPIRITO DE INGRATIDÃO.

Lemos um grande alerta em Pv.16:18 “A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda”.

A Bíblia nos adverte de um perigo eminente sobre os homens deste ultimo tempo, dentre as varias características está: INGRATOS (2Tm.3:2), perceba que é uma classe perigosa segundo as palavras de Paulo, o que é isso? São homens que alimentaram seu próprio interior com a INGRATIDÃO.

Encontramos nas Escrituras exemplos de homens ingratos que deixaram ser dominados por este sentimento, o que descrever nos pormenores tomaria muito espaço, mas dê uma olhada:

1.1 Coré: Nm.16-8-15

1.2 Caim: Gn.4:3-8

1.3 O povo de Deus no tempo de Miquéias Mq.6:3

1.4 O povo no tempo de Jesus Mt.20:1-16

Uma grande pergunta feita por Jesus retrata bem como a ingratidão que se alojou no interior do homem. Lc.17:17 “ onde estão os nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro?”

Que Deus nos guarde em seu amor da ingratidão aguda na alma.

Os maus exemplos de ingratidão estão na Bíblia, não para seguirmos e sim para não fazermos o mesmo.

Você já parou para pensar que o que faltou para eles, pode ser o que esteja faltando para nós neste tempo?

2 – DESENVOLVA UM ESTILO DE VIDA QUE TE LEVE A SER GRATO

 2.1 Tendo disposição para aprender

Fl.4:12 “Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade.

2.2 Analisando a necessidade de reconhecer

At.17:28 porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois dele também somos geração

2.3 Experimentando a voluntariedade em render-se

ITs.5:17 Em tudo dai graças

3 – HABITUA-SE A NÃO ESQUECER RAZÕES BÁSICAS DE SUA GRATIDÃO, E NÃO PARE DE DESCOBRIR OUTRAS.

 3.1 Pela certeza de nossa Salvação, Jo 3.36

3.2 Pelo Batismo com o Espírito Santo, Lc 24.49; At 1.5

3.3 Pela cura das enfermidades, Sl 103.1,2

3.4 Pelas vitórias concedidas, I Co 15.57,58

3.5 Pelas provas e inúmeras lutas que nos ensinam, I Pe 1.1-4

3.6 Pela esperança da volta de Cristo, Tt 2.14; Jo.16:33; Jo.14:1

3.7 Pela inefável ajuda do Espírito Santo, Rm 8.26-28

Conclusão: O espírito de ingratidão precisa ser resistido pela grande satisfação que há em Cristo. A proposta do estilo de vida cristã é uma vida grata, prossiga seguro de suas razões e influencie com uma completa gratidão. Não se esqueça: Em tudo dai graças!

Até a próxima meditação.

Deixe seu comentário:
Fernando Cardoso
Fernando Cardoso
Casado, pai e serve a Deus na AD Perus Catedral.
EBFO 2019