Catedral realiza último batismo de 2021

Pastor Elias Cardoso: “A harpa é um manancial de louvor, de adoração da igreja do Senhor. Ela canta todos os momentos da vida. Só não canta sofreguidão”

No último domingo (12), a AD Perus registrou mais um momento de grande júbilo pelo batismo de 323 vidas preciosas, sendo 178 mulheres e 145 homens. O mover sobrenatural do Espírito Santo foi testificado pela igreja que viu irmãos de todas as gerações sendo cheios da glória de Deus na fila do tanque batismal.

O pastor Elias Cardoso, presidente da AD Perus, destacou que o batismo nas águas é uma “grande festa no campo da evangelização, conversão, renovação daqueles que se achegam à cruz do Senhor para cumprir toda a promessa de Deus”.

CULTURA CRISTÃ

Como músico que deu os primeiros passos com seu instrumento por mãos de seu pai, presbítero Antonio Cardoso (em memória), o pastor Elias é um entusiasta na valorização da boa música produzida para a glória de Deus. Ele destacou riqueza cultural representada pela Harpa Cristã. “A harpa é um manancial de louvor, de adoração da igreja do Senhor. Ela canta todos os momentos da vida. Só não canta sofreguidão”. Ele ressaltou a possibilidade de aprender a orar com a Harpa Cristã. “É mentira do diabo que ela é vencida”, ponderou.

Enquanto a igreja exaltava ao Senhor acompanhada pela orquestra, o pastor Elias ministrou sobre as lições extraídas do hino 296, da Harpa Cristã, “No Jardim” que tem autoria ou tradução atribuída a Emílio Conde. À medida que o hino era executado, o pastor Elias mencionava o significado de elementos e expressões usadas pelo poeta. O cálice, por exemplo, um símbolo da cruz. A chegada da noite, remete a lutas, guerras, desafios. O orvalho como símbolo do frescor que cai sobre a vida do crente que mantém a prática da oração. Em síntese, um momento de adoração coletiva que vai ficar marcado na memória de quem teve o privilégio de participar deste culto na Catedral ou assistir a transmissão pela TV AD Perus.

Pastor Joinville Albernaz ministrou aos batizandos representando a equipe de batizadores

NOVIDADE DE VIDA

Em nome dos batizadores, o pastor Joinville Albernaz, primeiro vice-presidente, ministrou uma palavra específica aos batizandos. “Alguém pregou o evangelho para você. Alguém obedeceu o ‘ide’ de Jesus. Por isso, vocês estão aqui nesta manhã”

O pastor Joinville destacou que o primeiro passo foi crer que Jesus Cristo morreu na cruz, “derramou seu sangue para perdoar os seus pecados”. Paulo, em sua carta aos irmãos em colossos, ensinou que o batismo é símbolo de sepultamento. Ao ser submerso, o significado é de que o discípulo de Jesus deixa para trás o passado “cheio de engano, mentira, e prostituição”. O batismo representa o sepultamento do velho homem e “uma nova criatura em Cristo ressuscita para viver em novidade de vida”, concluiu.

Deixe seu comentário:
CONTRIBUIR