Igreja confirma e reforça frente de batalha

AD Perus EBFO e Convenção 2019

Para manter a organização eclesiástica de modo a que os obreiros, como bons soldados de Cristo, mantenham-se organizados e engajados na frente de batalha, o pastor presidente da Igreja Assembleia de Deus Ministério Perus, dr. Elias Cardoso, empossou as diretorias de 29 Regionais.

O ato oficial ocorreu no encerramento da EBFO & Convenção Nacional 2019, realizado nesta segunda-feira (4), na Catedral da Igreja Assembleia de Deus Ministério Perus (Plenário Timóteo). O pastor Elias esclareceu que em função de alguns ajustes ainda em andamento, “algumas regionais vão ser empossadas na próxima reunião do Conselho de Ministros”.

Diretorias empossadas

Primeiro, foram apresentadas as Regionais de outros Estados: ALAGOAS – Maceió; BAHIA – Caetité, Lapão e Vitória da Conquista; GOIÁS – Rio Verde; MATO GROSSO – Cuiabá; PARANÁ – Umuarama; SERGIPE – Canindé de São Francisco e Lagarto.

Diretorias são empossadas prostrados sob oração da igreja
Diretorias de 29 Regionais foram empossadas no encerramento da EBFO e 14ª Convenção Brasil 2019

Na sequência, foram apresentadas as diretorias das Regionais na Capital, região metropolitana e interior paulista. Foram empossadas nove diretorias de regionais paulistanas: Damasceno, Jaraguá, Jardim Cachoeira, Morro Doce, Parada de Taipas, Santa Maria, Vila dos Remédios, Vila Perus e Vila Sousa. Do interior, 11 diretorias foram apresentadas: Caieiras, Cajamar, Campo limpo Paulista, Capivari, Catanduva, Francisco Morato, Franco da Rocha, Mairiporã, Mauá, Monte Mor e Ribeirão Preto. Ainda na manhã do dia 4, no Plenário Paulo, o pastor Elias empossou as diretorias de Campo Grande, Mato Grosso do Sul e Cabreúva.

Zelo pela igreja

Antes de conduzir os atos de consagração, reconhecimento e reintegração, o pastor Elias Cardoso ministrou uma reflexão à igreja com base no texto de Neemias cap. 1:1-11. Ele ponderou sobre a necessidade de demonstrar zelo e dedicação no tocante as coisas do reino de Deus. “Você cuida da Casa de Deus que Deus cuida da sua vida”, declarou o presidente.

O pastor dirigiu a palavra aos irmãos e irmãs que estavam habilitados para serem consagrados e ponderou que quem não gosta de gente não pode integrar o ministério, nem estar a serviço do mesmo. É preciso ter voluntariedade e disposição para ouvir. “Não pode sair correndo depois do culto”, exemplificou.

Diante dos desafios, afrontas, dificuldades, o pastor Elias lembrou à igreja: “não adianta ficar chateado, tem que cair na oração e no jejum”, como demonstração da dependência do Senhor. Ele também recomendou atenção com quem se está fazendo associação. “Não se junte a murmurador, gente que reclama”. O pastor Elias convocou, ainda, a que os irmãos se apliquem na intercessão em favor daqueles que demonstram postura de agressão à igreja do Senhor. “Não fale mal, não. Você vai criticar um doente? Ore por ele!”, aconselhou.

Consagrações

Após longo período de submissão dos nomes indicados ao crivo do ministério, a tarde foi de celebração para centenas de irmãos e irmãs. As lágrimas e abraços calorosos registradas no ambiente, simbolizavam a gratidão pela honra de serem destacados para servir à igreja do Senhor. Todos sabem da necessidade de se manterem submissos ao senhorio de Cristo e leais às normas do Ministério, para a boa gestão das coisas do reino de Deus.

Na segunda-feira (4), como parte da programação de encerramento, foram consagradas 908 pessoas, reconhecidas outras 121 e reintegrados 47. Ao todo, 1076 obreiros para as funções de cooperadores (199), cooperadoras (197), diáconos (134), diaconisas (152), presbíteros (142), evangelistas (112), missionárias (22), pastores em prova (57) e pastores (61). No domingo (3), à tarde, o pastor Elias consagrou 396 pessoas, sendo 199 cooperadores e 197 cooperadoras.

Reconhecimento

Ao todo, 22 obreiros de dez regionais e da Catedral foram homenageados e receberam o certificado de jubilação. O pastor presidente, dr. Elias Cardoso, destacou a satisfação pelo reconhecimento público. “Para nós é uma satisfação ver os irmãos, que são exemplo na nossa igreja, serem honrados publicamente pelo trabalho que fizeram na obra do Senhor. Nós nos inspiramos em vocês para o crescimento”.

O pastor Elias Cardoso e a missionária Lígia entregam certificado de jubilação ao evangelista Epifânio Moreira

Foram jubilados os seguintes obreiros: Catedral – ev. Epifânio Moreira da Silva; Caieiras – pr. José Luiz Soares e pr. Jose Laerte do Amaral; Cuiabá – ev. João Renato de Melo; Francisco Morato – ev. Antônio Silvério e pr. Bernardino Laranjeira Ventura; Franco da Rocha – pr. João Batista Filho, ev. Joel Francisco de Oliveira, ev. Agenor Pereira Xavier, pr. Antônio Gonçalves Brito e pr. Antônio Rodrigues de Barros; Jaraguá – pr. Antônio Aparecido Marançato e ev. Antônio Pires; Jaraguá – pr. Jair Batista; Jd. Damasceno – pr. Antônio Gomes da Silva; Mairiporã – pb. José Américo de Oliveira; Maracaí – ev. Nelson Flausino de Campos; Monte Mor – pr. João de Albuquerque Cavalcante, ev. Eduardo Justino dos Santos e pr. Jose Mariano da Silva; Vila Souza – pb. Manoel Ferreira da Silva e ev. Moysés Antônio dos Santos.

O evangelista Epifânio Moreira da Silva (76), recebeu o certificado de jubilação honrosa ao lado da esposa Maria de Lourdes Silva. A filha do casal, Manoela Moreira, relata que testemunhar a jubilação foi emocionante. Ela testifica, ainda, que o irmão Epifânio “é muito ativo, tem trabalho pesado, mas não mede esforço para estar na igreja”. Batizado nas águas em 1976 (43 anos), o evangelista Epifânio conserva a voluntariedade e vigor para atuar na seara do Senhor. Mesmo jubilado certamente continuará inspirando aos novos obreiros.

Deixe seu comentário:
Midia AD Perus
Midia AD Perus
Departamento de Mídia e Comunicação do Ministério de Perus
EBFO 2019