Sábado chuvoso com 20 conversões marcaram o quarto culto do cinquentenário da Umademp

Com muita garra e em alta voz, as regionais de Bauru, Joinville(SC), vila Perus, Cabreúva, Campo Grande(MS), Campo Limpo Paulista, Jaraguá, Morro Doce, Umuarama (PR), Parada de Taipas, Catanduva, Marília e vila Souza entoaram hinos de louvor e adoração na tarde chuvosa – e marcante – em que se constituiu o culto vespertino realizado no sábado na Catedral de Perus, durante as comemorações dos 50 anos do congresso da União da Mocidade da Assembleia de Deus do Ministério de Perus. Merece destaque a regional 5 (Campo Limpo Paulista), que chegando em peso, ocupou quase metade da nave do templo.

Jovens de estados longínquos e de todos os cantos do estado de São Paulo se juntaram em um só propósito: o de adorar e glorificar a Deus em gratidão por manter acesa a chama do Espírito Santo nesses anos de festividades que perduram desde 1966, oportunidade em que celebrou-se o primeiro culto da modalidade.

Os períodos de louvores ficaram a cargo do cantor Júlio Lima e do coral “Corbã”, em que a ação de Deus foi poderosamente manifesta entre os presentes. O momento de adoração foi fechado com chave de ouro com o cantor Gesiel Lima , que com sua voz impactante, arrebatou a todos e levou-os a entronizar o Pai.

O preletor da tarde foi o pastor Rafael Bello, que começa sua fala agradecendo os pastores presentes e declarando-os privilegiados por prestigiarem este grande evento.

A palavra edificante baseada em Atos 20, resgatou a importância de manter os valores morais de uma vida cristã pura e limpa. Enfatizou que as ações valem mais do que as palavras e estimou o poder de um abraço ou uma atitude para salvar uma vida, fazendo uma analogia ao texto de Atos 20:10, quando o apóstolo Paulo abraça o jovem Êutico após este cair da janela do terceiro andar do cenáculo por ter sido vencido por um sono profundo, trazendo-o de volta à consciência.

Comparando este contexto com o cenário atual dentro das igrejas, ressaltou que há muitas vidas que estão aparentemente mortas, mas que basta uma atitude para que voltem a viver, a cantar, pregar, reger e adorar, assim como bastou a Paulo abraçar o jovem e trazê-lo de volta à vida.

Prático e esclarecedor, o ministro contou com o imprescindível apoio celestial e contemplou, vitorioso, o resultado da poderosa palavra pregada sob direção do Espírito Santo que convenceu do pecado 20 preciosas almas que entregaram suas vidas a Jesus.

Inesquecível! (Hadassa Reises)

Deixe seu comentário:
EBFO 2019