Umademp adora sob uma nuvem de glória

O pastor Elias Cardoso destacou o empenho de toda liderança da Umademp para viabilizar o congresso nacional

O segundo culto do congresso Umademp Brasil 2021, celebrado neste sábado (13), foi marcado pelo derramar da glória de Deus. A adoração espontânea da juventude o alarido de glória, a manifestação da variedade de línguas, a postura elegante de adoradores prostrados diante do altar, foram momentos especiais dignos de belíssimos registros em fotos e vídeos.

Nenhum registro físico, porém, consegue revelar as maravilhas que estão sendo testemunhadas por vidas sedentas pela presença de Deus. Momentos que coroam o “esforço de toda a liderança para manter ativo a interação, a integração dos jovens da nossa igreja”, como pontuou o pastor Elias Cardoso, presidente da Umademp Brasil.
O Coro Umademp deste segundo culto, contou com a cooperação das regionais de Francisco Morato, Campo Limpo Paulista, Marília, Catanduva e Santo Amaro. No louvor, cooperaram a cantora Midian Bueno, os cantores Esdras Lima e Marcos Bonfim.

VOCAÇÃO MINISTERIAL

O pastor Flávio Pena ministrou a confirmação de novas vocações ministeriais

Neste ambiente de glória, o pastor Elias animou a juventude Deus tem um tratado com a sua vida. Não corra do chamado de Deus. Não corra da obra de Deus. ‘Não, isso não é pra mim’. É pra você, sim! A nossa geração Umademp vai revolucionar.
Em tom profético, o pastor Flávio Pena, coordenador nacional da Umademp, ministrou à juventude e declarou que aqueles que têm desejo de servir ao Senhor como obreiro um marco espiritual vai ser registrado. “Linho fino desce sobre a tua vida hoje aqui. Você ouvirá a voz de Deus dentro dos átrios do Senhor!”

PORTAS ABERTAS

O pastor Paulo Roberto convidou os congressistas a abrirem por completo a porta de seus corações para domínio do Rei da Glória

O pastor Paulo Roberto, da Regional de Campo Grande-MS, ministrou à multidão sobre a manifestação da presença do Rei da Glória. Uma companhia que se manifesta nos piores momentos como, por exemplo, na vida do apóstolo Pedro. “Se Pedro estivesse entre nós ele diria: o Rei da Glória entrou na minha história, na pior fase da minha vida”.

A presença do Rei da Glória na vida de cada jovem também deverá ser a marca inconfundível de jovens que vão resistir às afrontas espirituais e responder com ousadia: “O Rei da Glória não é só alvo do meu culto, Ele é a razão da minha existência”.

O preletor lembrou à juventude a relação entre interesse de Deus em fazer morada na vida do homem e a carência humana por Sua presença. “O maior interessado em entrar é Ele, mas o mais necessitado sou eu”.

Deixe seu comentário:
CONTRIBUIR