Umademp congregada para adorar ao Rei da Glória

Pastor Elias Cardoso: “Os governos passam, mas a igreja do Senhor permanece até a vinda dele”

A bênção apostólica do último Umademp presencial foi ministrada no dia 21 de julho de 2019. Até a abertura da edição 2021, realizada na última sexta-feira (12), transcorreram-se exatos 845 dias.

Em 2020, por causa das restrições sanitárias impostas pela pandemia, a edição foi apenas virtual. Um recurso tecnológico que atenuou a saudade mas, obviamente, não satisfaz em plenitude. Foi um expediente importante, que abriu a oportunidade para que mais de 200 pessoas enviassem mensagem comunicando que estavam entregando suas vidas a Cristo.

“Poder receber a nossa juventude na Catedral é um presente especial da parte de Deus”, comemora o pastor Flávio Pena, coordenador nacional da Umademp. Para que todas as regionais possam cooperar da melhor forma, foi mantida a escala de participação. Nesta sexta-feira, participaram os jovens das regionais da Matriz, Vila Perus, Vila Souza e Jaraguá.

Pastor Flávio Pena ressalta a alegria de poder receber a Umademp na Catedral após 845 dias desde o último encontro presencial em 21 de julho de 2019

CRESCIMENTO

O pastor Elias Cardoso, presidente da AD Perus, fez um flashback de como Deus interveio de modo maravilhoso em favor da sua igreja, mesmo em meio à aguda crise provocada pela pandemia. Seu review foi apresentado a um público que tem vocação para serem os próximos sucessores na missão de manter hasteada a bandeira do evangelho.

Uma geração que, a despeito dos prognósticos carnais, terão aqueles que serão separados não pelos homens, mas pelo Dono da Igreja, para manter a marcha da igreja até que Ele venha buscar o seu povo.
Diante do panorama apresentado com feitos do Senhor em igrejas no Brasil e exterior, o pastor Elias refutou o pensamento equivocado de que a igreja do Senhor esteja improdutiva, estagnada em meio à aflição.

O presidente mencionou, ainda, os “facebookeiros” que se ocupam em difamar a igreja de Jesus. “Enquanto eles falam mal, a igreja cresce. Enquanto eles perseguem o profeta, a igreja cresce. Os governos passam, mas a igreja do Senhor permanece até a vinda dele”.

O pastor Otoniel Gomes ministrou sobre o perfil de quem pode habitar no Monte Santo do Senhor

PERFIL DO ADORADOR

O pastor Otoniel Gomes, de Capivari-SP, ministrou a primeira mensagem desta edição. Em sua prédica, baseada no texto tema do congresso (Sl 24), ele mencionou a mentalidade de quem é adorador do Rei da Glória. “Não reclamamos pelo milagre que ainda não chegou, agradecemos pelo milagre que sou”.

Gomes também destacou o perfil de quem pode habitar na casa do Rei da Glória, à luz do texto base: “Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente”.

O preletor também tratou sobre a relação de dependência do homem para com o Senhor. Ele pontuou que concorda com o raciocínio de que Deus não precisa do ser humano. No entanto, Deus nos quer. “O problema é o homem que precisa [de Deus] e não o quer”. A resposta misericordiosa de Deus, porém, ainda é “eu te quero e sei o quanto tu precisas”.

Assista a íntegra da ministração.

Deixe seu comentário:
CONTRIBUIR